Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \31\UTC 2010

A revista Teoria e Debate, na edição especial sobre os 30 anos do PT (janeiro/fevereiro 2010), trás uma entrevista com a economista Maria da Conceição Tavares.

 

Nela, a professora refuta a tese de Lula ser um populista e aponta a necessidade do PT disputar ideologicamente os pobres, uma vez que “o subproletariado também tem um conservadorismo popular”.

 

Afirma ainda que a alta popularidade de Lula “não tira a necessidade de o PT propriamente dito

ser majoritário no eleitorado lulista. É evidente que, no Brasil, a direita clássica está mal e a esquerda está melhor. De toda maneira, para essa faixa de 50% da população a opção esquerda e direita não é clara”.

 

Salvo uma ou outra questão a entrevista é muito boa e uma leitura fundamental para a construção do Partido dos Trabalhadores. A entrevista está disponível aqui.

Read Full Post »

Renato Rovai, editor da revista Fórum publica hoje em seu blog como a Folha e o Estado de S. Paulo tem praticado o ajustamento, ou como combinam os conteúdos de suas matérias. A prática é comum na Venezuela por parte dos setores que fazem oposição presidente Chavez.

 

Rovai aborda este debate a partir dos perfis publicados pelos dois jornais da presidente da Apeoesp, Maria Izabel Noronha. Confira o texto abaixo:

 

Serra e os perfis de Bebel da Apeoesp no Estado e na Folha

(30/03/2010 16:14)

É impressionante a “coincidência” de pautas, da Folha e do Estado de S. Paulo que “por acaso” decidiram fazer um perfil hoje da presidente do Sindicato dos Professores (Apeoesp), Maria Izabel Noronha. Em ambos os casos a linha fina que destaca a matéria é “perfil”. Quanto aos títulos, dizem praticamente a mesma coisa. No Estado: “Trajetória entrelaça partido e sindicato”. Na versão Folha: “Presidente do Sindicato é filiada ao PT”.

Na Venezuela este processo de pauta ajustada ou orquestrada ficou conhecido por Una Sola Voz. Trato disso no livro Midiático Poder, que o leitor tanto pode baixar pela página da Fórum como pode comprar pelo site da editora.

No país vizinho a coisa se tornou tão absurda que num dado momento os editores enviavam a matéria de um jornal para o outro para ver se não havia contradição entre o que publicariam no dia seguinte. Nas TVs, as coberturas de manifestações e atos passaram a ser conjuntas.

No caso do perfil de Bebel, tanto Folha como Estado têm o mesmo objetivo, mostrar aos seus leitores que a greve dos professores é política e que quem está por trás dela é o PT.

Dá pra dizer que a Folha fez o serviço mais completo, porque na sua “reportagem” um diretor da Apeoesp, do grupo minoritário, dá credibilidade à “denúncia” de que a entidade seria um “braço do PT”. Aliás, é muito curioso ver lideranças que se dizem radicais, no meio de uma greve difícil, utilizando a chamada “mídia burguesa” para fazer disputa político-sindical. É curioso e triste.

Mas se a Folha conseguiu fazer com que um aliado da greve abonasse sua tese, o Estado foi mais eficiente para mostrar “as provas” dos vínculos entre o PT, Bebel e a Apeoesp. Veja como a reportagem investigativa é fantástica. Diz o jornal: “A seguir três exemplos disso. 1) A entidade que ela dirige é filiada a Central Única dos Trabalhadores (CUT), braço forte do PT no sindicalismo nacional. 2) Em 2006, no governo do petista Luiz Inácio Lula da Silva ela passou a integrar a Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional da Educação.” 

Uma interrupção, leitor, para que você tome fôlego porque agora vem a denúncia mais bombástica: “3) Na semana passada, ela foi uma das convidadas de honra na abertura do 2º Congresso da Mulher Metalúrgica, organizado pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, ao lado de Lula e da pré-candidata Dilma Roussef, do PT.”

Por coincidência os dois perfis, tanto o da Folha quanto o do Estado, não são assinados. Talvez porque o autor da pauta e das matérias seja aquele tuiteiro que vez em quando dá plantão no Palácio dos Bandeirantes.

Read Full Post »

O blog Vi o Mundo, de Luiz Carlos Azenha, denuncia hoje, que o “professor” da foto famosa, na qual carrega um PM ferido no confronto próximo ao Palácio dos Bandeirantes (sede do governo paulista), não é um professor e sim um PM do serviço secreto da polícia.

 

Ele embarcou no ônibus da sub-sede da Apeoesp de Osasco e chegou ao ato disfarçado. Ou seja, o jeito Serra de governar, conta além da violência e criminalização dos movimentos com a infiltração de policiais disfarçados nestas organizações. Nada muito diferente do regime militar.

 

Leia o post de Azenha:

 

 “PM embarcou em Osasco no ônibus dos professores; é um P2″

por Conceição Lemes

Isabel Azevedo Noronha, presidente do Sindicato  dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) recebeu nesta segunda-feira, logo cedo, uma ligação de um colega da subsede de Osasco: “Aquele rapaz que socorreu a policial é um professor daqui da cidade. Nós vamos encontrá-lo, para esclarecer tudo isso”.

Diretores de subsede da Apeoesp de Osasco passaram a manhã e a tarde investigando. Lembravam-se de tê-lo visto em Osasco em meio aos professores. Conferiram listas dos que vieram para a assembleia da sexta-feira, 26 de março, no Palácio dos Bandeirantes. Conversaram com muitos colegas.

No começo desta noite descobriram que o suposto professor é um policial militar do serviço reservado (ou secreto) da Polícia Militar paulista. É um P2, como são chamados.

A caráter para não levantar suspeitas (garotão barbado, jeans, mochila nas costas), o jovem policial infiltrado embarcou no ônibus dos professores de Osasco, como se fosse um deles. Daí o pessoal da subsede de Osasco ter achado inicialmente ele que era um colega.

A descoberta da Apeoesp derruba três versões oficiais da PM paulista.

A primeira, no sábado, a Terra Magazine, de que o PM não-identificado “era um dos policiais da região, que estavam empenhados na operação” .

As outras duas são de hoje.  Ao Viomundo, disse  que o policial militar à paisana “estava no local”.  A Terra Magazine, informou que ele estava “passando” pela manifestação.

Aos poucos a verdade sobre a foto famosa da manifestação dos professores vai se revelando. Mas ainda há muitas perguntas sem respostas. Por exemplo, qual era a missão dele na assembleia dos professores? Levantar informações sobre o andamento do movimento? Fazer provocação? Ou o quê? A mando de quem? Qual a intenção? Criminalizar a Apeoesp?

“A partir dessa noite uma das hipóteses que passamos a considerar é a de armação para sensibilizar a sociedade e jogá-la contra os professores”, lamenta a presidente da Apeoesp. “A figura da policial feminina, frágil, indefesa atacada por nós, professores, uns bárbaros. Curiosamente o capacete dela está direitinho. A roupa alinhada, como se tivesse saído da lavanderia. Para quem levou uma paulada, como disse a PM,  é estranho. Os dois muito arrumadinhos, ajeitadinhos…Esquisito demais. ”

“O fato é que seremos mais rigorosos na fiscalização de quem entra nos nossos ônibus ”, cogita Isabel Noronha. “Talvez passemos a exigir o holerit, para ter certeza de que aquela pessoa é professora mesmo e essa história não se repita.”

 

Read Full Post »

Fortaleza, a capital cearense, será palco, no início de junho, do I Festival das Juventudes. São esperados cerca de 3 mil jovens de todo o Brasil e representações de movimentos juvenis da América Latina.

 

Entre atividades autogestionadas, shows, debates ocorrerá o Encontro das Lutas Juvenis. Segundo Afonso Tiago, secretário de Juventude da Prefeitura de Fortaleza, que organiza o evento, a proposta é divulgar uma plataforma de lutas das juventudes e fortalecer uma relação entre diversos movimentos de juventude do Brasil e da America Latina.

 

Mais informações estão disponíveis no http://www.fortaleza.ce.gov.br/juventude. Leia abaixo a notícia publicada no site Onda Jovem.

 

Jovens da América Latina estarão em Fortaleza (CE) no 1º Festival das Juventudes
29/03/2010

A cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará, se prepara para receber, entre os dias 3 e 6 de junho, cerca de 3 mil jovens vindos de diversas cidades do Brasil e de países da América Latina, para participarem do 1º Festival das Juventudes em Fortaleza – América Latina e suas lutas juvenis.

O objetivo do evento é o de promover a troca de experiências e reflexões entre os jovens, contribuindo com a integração dos povos e fortalecendo as políticas publicas e iniciativas protagonizadas e direcionadas a juventude da America Latina.

A proposta é criar um espaço aberto, a exemplo do Forum Social Mundial (FSM), visando construir uma plataforma de lutas das juventudes e fortalecer uma relação entre diversos movimentos de juventude do Brasil e da America Latina, explicou Afonso Tiago Nunes, Secretário Municipal de Juventude. A ideia é promover a reflexão coletiva para a construção plural das juventudes em busca de seus direitos e convívio solidário e pacífico.Metade dos participantes esperados para o evento deve ser da própria capital cearense; a outra metade, deve vir de várias cidades, estados e países, estimou o secretário. É esperada a participação para o Festival das Juventudes de representantes de países como Argentina, Bolívia, Cuba, Equador, Paraguai e Venezuela.

Ele disse que, embora estejam programadas muitas atividades culturais, o Encontro apresenta forte caráter político e social, já que a vivência destes jovens de diferentes regiões, através da troca de experiências, reforça a discussão de assuntos relevantes para a juventude.

“Queremos que a juventude de Fortaleza construa um processo de aliança com a juventude de todo o país, com o espírito latino americano, para pensar numa transformação social e na construção de um mundo novo, a partir da troca de experiências coletivas”, ressaltou Afonso.

“Ainda não foi estabelecida nenhuma taxa de inscrição. Os jovens devem custear suas despesas pessoais com transporte e alimentação, e trazer suas barracas se forem acampar”, explicou. Ele disse ainda que toda a infraestrutura do evento deve ser garantida através das parcerias com Governo Federal e outras entidades. “A alimentação também deve ser mais barata”, informou.

Além dos debates e palestras sobre direitos e desafios da juventude, acontecerão também oficinas e apresentações culturais. No local será realizada uma Feira de Economia Solidária. Todos os eventos são gratuitos.

Mais informações e inscrições pelo site: http://www.fortaleza.ce.gov.br/juventude.

Fonte: Adital

Read Full Post »

Atualização 19/10/2010: Confira o post “Últimos dias para prefeituras entregarem carta-consulta para receber Praça do PAC

Como havia adiantado no post “Juventude será um dos destaques do PAC 2” foram lançadas hoje duas ações que terão forte impacto na juventude brasileira como parte das obras do PAC 2.

A primeira são as Praças do PAC, verdadeiros Centros de Referência de Juventude. O projeto foi pensado em três modalidades, de 700 m2, 3000 m2 e 7000 mil m2. Nos menores haverá Cineteatro, biblioteca, telecentro, CRAS, salas multiuso, pista de skate, kit básico esportivo e equipamentos de ginástica. Os médios terão os mesmos equipamentos acrescidos de Ginásio poliesportivo, espaço criança e pista de caminhada. E nos grandes os outros dois e ainda Quadra de areia para vôlei e futebol, vestiário, espaço para a terceira idade e anfiteatro.

Ao todo serão construídas no país 800 Praças do PAC a um custo de R$ 1,6 bilhão.

Para mim, o nome destes equipamentos públicos, ao invés de Praça do PAC, deveria se chamar Estação Juventude, pois ele é a concretização da proposta apresentada pela JPT de São Paulo na eleição municipal de 2000 e que virou lei através de projeto da vereadora Tita Dias (veja aqui o projeto de lei).

A segunda, é um grande programa de construção de quadras esportivas, todas com cobertura. Serão 6116 quadras e o programa prevê ainda de 4 mil quadras já existentes. Para estas ações estão previstos R$ 4,1 bilhões.

Os jovens que tiveram importante presença no discurso de Dilma e na resolução do IV Congresso do PT, aparecem agora com força no PAC 2. Cabe aos movimentos juvenis organizados dos municípios que irão receber estes equipamentos cobrar espaços de participação na definição das políticas que serão adotadas.

Read Full Post »

Emir Sader lançou em seu blog na Agência Carta Maior e estou aderindo. A Folha de S. Paulo (FSP – Força Serra Presidente) está em campanha aberta pela eleição de Serra, para tanto, usa de todos os expedientes possíveis, particularmente da mentira, como a pesquisa Datafolha deste último sábado. Por isso é preciso deixar bem nítido: A FOLHA MENTE!

O post do Emir, Quem acredita na FSP (Força Serra Presidente)? está disponível aqui.

Read Full Post »

O Blog do Planalto, desde o dia 22 de janeiro, publica o especial 7 anos em 7 minutos, no qual cada um dos ministros do presidente Lula falam sobre as conquistas do povo brasileiro nestes 7 anos de governo.

 

Abaixo o vídeo com Guilherme Cassel, ministro do Desenvolvimento Agrário. Ele afirma que “a redescoberta do Brasil rural se deu com o reconhecimento da riqueza e da diversidade da população rural brasileira e, principalmente, a agricultura familiar, que responde por cerca de 80% do pessoal ocupado no campo”.

 

Recomendo também o vídeo com Celso Amorim, onde ele explica as razões pelas quais o Brasil ganhou grande projeção sob a liderança de Lula.

Read Full Post »

Older Posts »